13/06/2016

Sickhouse, o filme rodado inteiramente no Snapchat!

Já falamos aqui no blog sobre como o Snapchat tem revolucionado a forma como consumimos e produzimos conteúdo audiovisual em smartphones. O vídeo filmado com o celular na posição vertical (leia mais aqui) tem criado novas possibilidades e experiências para as produções.


Foi lançado recentemente o teaser do filme Sickhouse, gravado inteiramente no Snapchat. A produção é composta de takes com 10 segundos de duração, seguindo uma narrativa de suspense e medo. O filme, estrelado pela youtuber estadunidense Andrea Russett, já foi visto mais de 100 milhões de vezes no Snap e agora está disponível no Vimeo. Para assistir você precisa pagar US$ 6.



SICKHOUSE -- The Made for Mobile Movie from Indigenous Media on Vimeo.




Na história, Russett e seus amigos estão a caminho de uma cabana mal assombrada no meio de uma floresta. Enquanto o filme era produzido, a história foi postada no perfil da youtuber no Snap, o que causou dúvida e susto em seus seguidores - eles chegaram a ligar para a polícia para denunciar o que estava acontecendo com a protagonista do filme.


Após o mal entendido ser esclarecido, o trailer da produção foi disponibilizado no Vimeo (clique aqui para assistir). A produção experimental ficou conhecida como o primeiro filme rodado exclusivamente em um celular - ao todo, foram utilizados 6 smartphones para compor todas as cenas da narrativa.


O cinema tradicional vai acabar?


Muito se questiona se esse tipo de produção tomará o lugar do cinema tradicional que conhecemos. O que observamos, na verdade, é o surgimento de uma nova maneira de produzir e consumir o audiovisual, mas há espaço para todos.

 

Os filmes rodados em celular são uma tendência e talvez se tornem uma realidade consolidada num futuro próximo. Mas fiquem tranquilos: o bom e velho cinema não vai morrer por causa disso! E viva as novas experiências!



 Mais publicações