01/04/2016

Óculus Rift, o primeiro óculos de realidade virtual lançado!

Imagine que você está caminhando por uma estrada que faz parte de uma cidade virtual. De repente, durante o caminho, um precipício surge no meio do caminho e você despenca de uma altura de vinte metros. Durante a queda, consegue notar todos os detalhes, como por exemplo o chão ficando cada vez mais próximo. Sentiu frio na barriga? É exatamente essa a sensação que o Oculus Rift promete oferecer a seus usuários. 

 

Chegou ao mercado o equipamento que promete ser a revolução da realidade virtual. Já está pronta a versão final do óculos que lança uma forma mais realista de encarar os ambientes virtuais. Pela bagatela de US$ 600 - cerca de R$ 2.245,00 convertendo para a nossa moeda - é possível mergulhar 100% no virtual, com um encaixe confortável no rosto. 

 

Realismo garantido

A taxa de atualização prometida pelo equipamento é de 90 quadros-por-segundo, fazendo com que a latência do movimento da câmera enquanto você move a cabeça seja praticamente inexistente. Ele pesa 500g e o seu formato se assemelha ao de um óculos de ski. 

 

O Rift só funciona com um computador potente. Uma câmera com sensor infravermelho deve ser conectada ao computador para proporcionar o campo de visão virtual do usuário. No óculos, a tecnologia controla a distância do ponto de encontro das lentes para que elas se adequem à distância dos olhos de quem está usando. As duas telas de 1080x1200 pixels e resolução combinada de 2160x1200 oferecem realismo pra ninguém colocar defeito. 

 

Ainda é para poucos 

 

Como toda a novidade, o Rift é uma promessa para o futuro, mas ainda é um brinquedo caro feito para quem gosta de desbravar novas tecnologias. Ainda que distante, o óculos é considerado o primeiro passo em direção a um futuro em que a realidade virtual se tornará uma tecnologia comum em nossas vidas. O que você espera deste futuro que tem tudo para ser promissor?



 Mais publicações