11/03/2016

Youtube ou Facebook? Quem ganha no compartilhamento de vídeos?

Que os vídeos são imbatíveis em campanhas de marketing digital nós já sabemos. Dão conta de passar a mensagem que precisam de uma forma objetiva, lúdica e atrativa - por isso cada dia mais empresas estão investindo pesado em ações que utilizam vídeos, principalmente no ambiente digital. 

 

Mas qual das duas gigantes empresas cumpre melhor o papel de hospedagem de vídeos? O pioneiro e popular Youtube ou o campeão de engajamento Facebook? Para esclarecer essa dúvida, vamos aos fatos. 

 

As vantagens do poderoso Youtube

 

Com 11 anos de estrada na hospedagem e compartilhamento de vídeos em formato digital, o Youtube tem algumas (muitas) vantagens. A Google, que não é boba nem nada, comprou o site em 2006. Desde então, os sistemas de recomendação do maior site de buscas do mundo foram se aprimorando e hoje nada menos que 82% dos vídeos que aparecem na busca do Google são do Youtube. Do que resta, 5% é do Vimeo, 5% do Dailymotion e 8% para todo o resto da internet. 

 

Google e Youtube: Uma (gigante) vitrine de empresas

 

O Youtube é o segundo serviço de busca mais utilizado na internet, só perde para o Google. 

Com apenas um vídeo, é possível colocar o seu serviço ou produto em exibição nos dois maiores buscadores com uma cajadada só! É claro que no Youtube não existe nenhuma fórmula mágica, ou seja, pra realmente surtir efeito, o seu vídeo precisa ter qualidade. 

 

Quer audiência? Faz um canal! 

 

A possibilidade de ter um canal no Youtube traz um leque de possibilidades para empresas que pretendem investir em campanhas de vídeo. Com periodicidade e um bom roteiro, é possível criar açõs fantásticas utilizando a plataforma. E não pense que são apenas os vloggers como Felipe Neto ou Jout Jout que fazem sucesso no Youtube não. Um número crescente de empresas vêm entendendo a importância de investir no audiovisual. Itaú, MRV, Coca-Cola, Dove e muitas (inúmeras) outras empresas mantém vídeos atualizados em seus canais. 

 

Mas… E o Facebook? 

 

Você deve estar se perguntando: “Se o Youtube é tão bom, pra que vou me preocupar em saber as vantagens do Facebook?” Não se engane, elas também são muitas. Pra começar, a gigantesca base de dados da rede social permite verdadeiros milagres ao conseguir direcionar a sua campanha exatamente para o público que você quer. No alvo, na mosca. E isso, meu querido, só o Facebook permite atualmente. 

 

Se for bom, viraliza

 

A fluidez do Facebook permite que o seu vídeo apareça entre uma postagem e outra na timeline dos usuários. Isso gera um buzz, aumentando a chance de pessoas curtirem, comentarem e compartilharem o seu conteúdo. E, dependendo da forma como esse conteúdo é transmitido, a possibilidade de viralizar também aumenta. 

 

Se postar no Youtube, o Facebook não gosta!

 

Você pode estar pensando agora: “Eu posso utilizar o Youtube como plataforma de hospedagem para o meu vídeo e compartilhá-lo no Facebook depois”. Errado. Da mesma forma que postar um vídeo no Youtube aumenta as chances dele ser encontrado pela busca do Google, os vídeos hospedados diretamente no Facebook têm mais alcance e engajamento no site do que os que vêm de fora. E detalhe: quando você postar um link do Youtube no Facebook, não é possível assistí-lo em miniatura no próprio site - o usuário é direcionado ao Youtube. Bem-vindo ao mundo das concorrentes. 

 

E aí? Quem ganha a batalha? 

 

É claro que a melhor opção vai depender dos seus objetivos. O campeão é o Facebook se você procura um ambiente direto, certeiro e pontual para realizar a sua campanha. Com um banco de dados tão detalhado e completo, tenha a certeza de que a sua empresa será vista por quem você quiser. Mas, se o que você planeja é um projeto com constância, que segue uma linha para colher resultados, o campeão é o Youtube - sabendo que o sucesso nem sempre virá com a mesma fluidez do Facebook. 

 



Galeria de Imagens

 Mais publicações